/ Consórcios

Por que você deve verificar a taxa de administração antes de adquirir um consórcio

22 Jul 19
2 min

A taxa de administração de um consórcio garante mais segurança e benefícios para o consorciado. Entenda sua importância e como ela é calculada!

O consórcio é uma alternativa muito procurada por quem deseja comprar um bem, como uma casa ou carro, a prazo. Seja pela facilidade de pagamento ou pelas vantagens que a carta de crédito oferece, a opção está cada vez mais consolidada no mercado brasileiro. Segundo a ABAC (Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios), em janeiro de 2019, o setor aumentou 4,9% em relação à janeiro de 2018. 

Quem opta por essa modalidade de investimento deve conhecer as taxas de administração. Essa taxa é definida pela administradora do grupo de consórcio. O papel dessa empresa é fundamental para garantir mais segurança e transparência ao grupo e é isso o que você vai encontrar nesse texto.

Continue a leitura e veja como é formada e para que serve a taxa de administração de um consórcio!

Como é calculada a taxa de administração de um consórcio?

A parcela do consorciado é composta pelo percentual correspondente ao Fundo Comum (valor que é destinado para a contemplação dos consorciados), Fundo de Reserva (fundo direcionado à segurança da saúde financeira do grupo que, caso não utilizado, volta aos consorciados ativos de maneira proporcional no encerramento do grupo) e, por fim, a Taxa de Administração (que se trata da remuneração da administradora).
A taxa de administração desse investimento é fixa e corresponde a um percentual sobre o valor da carta de crédito. Ela deve ser estipulada na “proposta de adesão”, antes da assinatura dos participantes do grupo. Seu pagamento é realizado de maneira diluída, fixada nas parcelas do consórcio de acordo com a proposta de adesão.

No consórcio não há cobranças de juros. O pagamento da taxa de administração corresponde ao valor pago à administradora pela gestão do grupo.  

Diferença entre taxa de administração e taxa de juros

Uma dúvida bastante comum para quem deseja realizar o investimento por meio do consórcio é se taxa de administração e taxa de juros significam a mesma coisa. Para entender melhor suas diferenças, vamos entender como cada uma delas é calculada.

  • Taxa de juros: É calculada anualmente em cima do valor residual, após a amortização. Ou seja, são os juros compostos. Dependendo da sua porcentagem, essa taxa pode duplicar o valor do que foi inicialmente contratado.
  • Taxa de administração: No caso da taxa de administração, é fixado um percentual sobre o crédito para todo o período da cota, definido no contrato de adesão.

Agora que você entendeu como é composta a taxa de juros, fica mais fácil de entender por quê do sistema de consórcio ser tão seguro! Entendendo como é composta uma parcela, quais são as taxas que estão embutidas no seu consórcio, fica muito mais fácil investir na sua próxima aquisição!

É sempre válido relembrar que o consórcio não possui taxa de juros, o que torna a opção ainda mais vantajosa.

--

Ainda tem dúvidas sobre a taxa de administração ou consórcio em geral? Comente neste post ou acesse nossas perguntas frequentes! Estamos aqui para ajudar.



Por Conseg
Oferecemos os melhores consórcios automóveis do mercado, trabalhando há mais de 25 anos no mercado.

Fique por dentro das nossas novidades