/ Educação Financeira

Meu primeiro carro: 6 dicas para acertar na compra

05 Aug 20
3 min

Tem coisas que a gente nunca esquece. Por exemplo, a compra do primeiro carro. Só que, para fazer um bom negócio, é preciso estar atento a alguns detalhes.

A compra do primeiro carro pode significar muitas coisas, entre elas a realização pessoal. Porém, até pegar a chave na mão, é preciso avaliar uma série de questões. Por exemplo, de que maneira você vai pagar o veículo - mas as dúvidas não param por aí!

Pensando nesse momento, elaboramos este post com dicas para tornar a sua escolha mais assertiva. Confira:

6 dicas para comprar o seu primeiro carro

1. Defina o orçamento e a forma de pagamento

Sem dúvida, esse é um ponto que deve ser levado em consideração ao comprar o primeiro carro. Para início de conversa, é preciso comparar o valor do veículo e das reservas que você possui.

Não tem todo o dinheiro para comprar à vista? Uma saída é recorrer ao financiamento. Porém, é preciso colocar no papel o valor das parcelas e os juros que serão cobrados para a liberação da quantia.

Você também pode pegar um empréstimo, mas a orientação é a mesma Ou seja, tenha em mente quanto você pagará de juros ao terminar a devolução do valor.

Quem não tem pressa e quer economizar, pode optar por um consórcio de automóveis. Ao ser contemplado, você ganha a carta de crédito para comprar o carro à vista.

2. Pesquise modelos e marcas conforme seu perfil

Você tem filhos? Gosta de viajar? Essas e outras questões precisam ser avaliadas antes da compra do primeiro carro. Isso porque, dependendo do seu perfil, será necessário um modelo com menos ou mais espaço.

E aqui não é só o preço que dita o que deve ser comprado. Afinal, é melhor gastar mais com um carro que realmente se encaixe nas suas necessidades do que ficar se lamentando pela escolha errada.

3. Novo ou seminovo?

A questão aqui não é o valor. Por exemplo, um carro novo, quando sai da concessionária, tende a uma alta desvalorização. Já o usado, exige manutenção. Avalie cuidadosamente os prós e contras de cada lado.

4. Faça um test-drive

É normal que você fique em dúvida entre dois ou mais modelos para escolher seu primeiro carro. A dica aqui é testar cada um deles para ver qual mais lhe agrada. É no test-drive que você vai ver todos os detalhes do veículo. Assim, você pode descartar aqueles que menos agradam, facilitando a tomada de decisão final.

5. Negocie!

Essa é uma dica que vale a pena investir! Isso porque quem negocia consegue melhores condições e vantagens na compra do primeiro carro. Você pode conseguir, por exemplo, o emplacamento grátis. Ou pode adquirir por um valor reduzido itens como ar-condicionado e vidros elétricos. Então, gaste a saliva e tente obter os melhores descontos possíveis.

6. Calcule os custos de manutenção

O ato de comprar é só um dos gastos que você vai ter com o veículo. É preciso pensar, e principalmente calcular, outras despesas após isso. Por exemplo, todos os anos, você terá que pagar IPVA, licenciamento, seguro e ainda fazer as revisões periódicas.

Também é preciso colocar na ponta do lápis os gastos com combustível, estacionamento, lavação e por aí vai. Então, vale a pena listar todos eles para identificar o orçamento realmente cobre todos esses custos.

-

Já pensou em comprar o primeiro carro sem pagar juros exorbitantes e com prestações que caibam no seu bolso? O consórcio é uma boa opção para isso. Faça uma simulação!

Por Conseg
Oferecemos as melhores opções de consórcio de automóveis e imóveis do mercado, com mais de 27 anos de história.

Fique por dentro das nossas novidades