/ Dicas da Conseg

Guia do consórcio: O que é e como funciona

23 Sep 19
3 min

Deseja iniciar um consórcio mas não tem muitas informações sobre a modalidade? Saiba de uma vez por todas o que é um consórcio e como ele funciona!

Você sabe exatamente o que é um consórcio e como ele é realizado? Apesar de ser uma forma de investimento já conhecida, é normal que fiquem alguns questionamentos sobre o que é, como funciona e quais são os benefícios de optar por um consórcio.

Começando pelo básico, o consórcio pode ser definido como um investimento utilizado para adquirir um bem de consumo, móvel ou imóvel. Nesse texto vamos apresentar tudo sobre esse modelo de investimento. 

O que é um consórcio?

Todo o sistema do consórcio é baseado no conceito de cooperação. Isso quer dizer que um grupo de pessoas físicas e/ou jurídicas se forma por um interesse em comum. A ideia é a aquisição de bens móveis ou imóveis, e até serviços por meio de um investimento mensal, dividido ao longo de um prazo pré-determinado.

Entendendo como funciona o consórcio

Já vimos o que é um consórcio. Agora vamos entender melhor como ele funciona.

O grupo de consorciados tem um contrato com uma empresa administradora. Essa, por sua vez, deve possuir autorização emitida pelo Banco Central do Brasil, que avalia a capacidade financeira, econômica e gerencial do negócio.

A administradora, por meio de um contrato, tem o papel de gerir o grupo de modo a oferecer segurança ao consorciado e a saúde financeira do grupo. Dessa maneira, ela pode garantir os interesses coletivos dos consorciados.

Com um grupo formado, mensalmente é realizada uma assembleia e, nessa assembleia, são realizadas as contemplações das cotas. Essas contemplações podem ser via sorteio ou lance.
Após a contemplação, fica disponível ao consorciado a carta de crédito adquirida, podendo ser usada conforme as possibilidades delimitadas em contrato.

Veja agora algumas questões importantes para entender como você pode aderir ao consórcio:

1 - Como aderir a um consórcio?

Para adquirir uma cota de consórcio, o cliente assina um contrato de adesão. Neste contrato constam todas as regras e informações referentes ao contrato, como:

  • Taxa de administração;

  • Prazo de contratação;

  • Valor das prestações;

  • Reajuste de prestações e saldo devedor;

  • Condições de contemplação;

  • Direitos e deveres do consorciado e da administradora. 

2 - Como as prestações são calculadas?

O valor das prestações se dá pela soma do valor do crédito definido no momento da aquisição da cota adicionado a taxa de administração e fundo de reserva. Podendo estar incluso também o seguro. Esse valor total é dividido pelo número de meses de duração do consórcio. 

O reajuste do crédito e do saldo devedor da cota, ocorrerá conforme estabelecido na assembleia de inauguração do grupo e em contrato.

  • A taxa de administração visa recompensar a administradora do consórcio pela montagem, organização e administração do grupo;

  • fundo de reserva, como o nome mesmo diz, será uma reserva para eventual cobertura de recurso do grupo. Caso essa reserva não seja utilizada no período, o valor será rateado proporcionalmente ao crédito de cada consorciado ativo no encerramento do grupo;

  • O fundo comum, é o valor pago por todos os consorciados para a conquista do bem.

3 - Como funciona a contemplação da cota?


O valor arrecadado pelo grupo de consorciados são contabilizados separadamente. Mensalmente, são feitas assembleias para a definição dos consorciados contemplados.

Desta maneira, o recurso para aquisição do bem ficará disponível para a utilização a partir da contemplação da cota, que poderá ocorrer das seguintes formas:

  • Via sorteio. Os clientes são sorteados de forma aleatória, com chances iguais. São sorteados cinco números e o quinto número sorteado é considerado o contemplado por sorteio. Os demais são reservas que serão utilizadas na ordem inversa (4º, 3º, 2º, 1º), caso o quinto número sorteado não esteja apto para a contemplação.

  • Via lance. Cada consorciado poderá concorrer, além do sorteio, com uma oferta de lance na cota. Essa oferta poderá ser por meio do lance livre, sendo que quem ofertar o maior percentual será considerado o ganhador ou por meio do lance fixo, caso o grupo decida por essa modalidade em sua constituição.

Em caso de empate de lances, o desempate é feito levando em consideração o quinto número sorteado. A cota que mais se aproximar do número é a vencedora por lance do mês. 

Os lances ocorrem de forma sigilosa, ou seja, os consorciados não possuem conhecimento das ofertas de lance até que a assembleia seja realizada.

A quantidade de contemplações na realização da assembleia dependerá da arrecadação mensal do grupo.

Ao ser contemplado, o consorciado recebe uma carta de crédito, que deve ser usada para a aquisição do bem desejado.


--

Ainda com dúvidas sobre consórcio? Comente aqui embaixo a sua dúvida, ou acesse nossas perguntas frequentes. A CONSEG está aqui para te ajudar! 



Por Conseg
Oferecemos os melhores consórcios automóveis do mercado, trabalhando há mais de 25 anos no mercado.

Fique por dentro das nossas novidades