/ Educação Financeira

5 gastos para cortar do seu orçamento

06 Apr 20
3 min

Todo mundo fala que é importante cortar gastos desnecessários e economizar mais. Se você tem dúvida sobre quais eliminar do seu dia a dia, conheça nossa lista!


Quantas vezes você já ouviu que, para ter organização financeira, é importante se livrar de gastos desnecessários? E os especialistas não indicam isso à toa! Afinal, existem várias pequenas armadilhas no dia a dia que impedem você de guardar dinheiro no fim do mês.

O problema é que, na hora de decidir quais gastos cortar, vem a dúvida sobre o que deixar de lado. Tirar os pequenos prazeres na vida também é algo radical demais, não é mesmo?

Para ajudar nessa questão, elaboramos uma lista com gastos que podem ser facilmente cortados, sem precisar de grandes sacrifícios. Confira:

Como cortar gastos desnecessários e economizar?

1. Fique longe do cartão de crédito

O cartão de crédito pode se tornar um vilão para a sua organização financeira, quando não usado da maneira correta. Isso porque ele facilita as compras desnecessárias.

Procure se livrar do cartão de crédito ou, pelo menos, usar o mínimo possível. Evite parcelar por um longo período, já que outras despesas também podem surgir.

Por fim, fuja do refinanciamento de sua dívida do cartão, pois os juros acumulados podem custar muito mais do que o bem adquirido.

2. Evite comprar na Internet por impulso

Quem nunca acessou a Internet e, de repente, se viu tentado a comprar aquele tênis em promoção que não pára de piscar na tela? As tentações no mundo virtual estão por toda a parte, e induzem você a consumir por impulso.

Seja mais forte do que os apelos do mercado e tenha estratégias para escapar dessas armadilhas.  Por exemplo, evite navegar em lojas virtuais, marketplaces, grupos em redes sociais de venda ou troca de produtos etc. Assim, você fica longe de ter gastos desnecessários com a compra de produtos que mal vai usar.

3. Mantenha o foco no supermercado

Ir ao supermercado sem uma lista dos itens que precisa ou mesmo com fome é totalmente desaconselhável. Primeiro, porque você pode acabar comprando o que já tem em casa. Segundo, porque a fome faz você ter vontade de levar todo tipo de comida.

Então, a recomendação é levar um bloco de notas e comprar apenas o que for necessário. Aproveite para caçar as promoções e, se possível, troque aquela marca mais famosa por outras similares. Ah, e faça um lanche antes de sair de casa para não cair em tentação na sessão da padaria ou de congelados.

4. Fuja de assinaturas desnecessárias

Aquela assinatura da revista que você nunca tem tempo pra ler e da TV a cabo com canais que mal assiste são verdadeiros gastos desnecessários. Entãoavalie se realmente é importante que você a mantenha.

Quando não for possível abrir mão, tente negociar planos mais baratos ou descontos. As suas finanças pessoais agradecem!

5. Cuide da alimentação fora de casa

Comer fora de casa nunca foi barato, mas vem pesando cada vez mais no bolso do consumidor. Aqui entra aquele sanduíche ou cafezinho que, uma vez ou outra, você acaba comprando porque não levou lanche para o trabalho. Na hora, ele até pode parecer barato. O problema é que, se somado aos outros pequenos gastos, acaba representando uma boa quantia.

Neste caso, se organize para preparar o lanche em casa. E quando for preciso comer fora, alie o custo-benefício na sua escolha por restaurantes.

-

E você, quais gastos desnecessários já conseguiu cortar do seu orçamento? Conte nos comentários!



Por Conseg
Oferecemos as melhores opções de consórcio de automóveis e imóveis do mercado, com mais de 27 anos de história.

Fique por dentro das nossas novidades