/ Pagamento

Posso utilizar o FGTS para pagar consórcio de imóveis?

23 Oct 19
2 min

Sabia que é possível utilizar o FGTS para pagar consórcio de imóveis em até 4 formas diferentes? Entenda como o Fundo de Garantia pode ajudar.

A conquista da casa própria parece distante? Juntar o valor total de um imóvel parece uma tarefa praticamente impossível? E se houvesse uma maneira de conquistar esse sonho, com dinheiro que você já possui e o melhor, de uma forma que não pese no seu orçamento? 

Sim, isso é possível e mais simples do que você imagina. Basta utilizar o FGTS para o seu consórcio de imóveis. 

Quem decide participar de um grupo de consórcio pode optar por utilizar o FGTS (Fundo de Garantia do tempo de Serviço) como forma de pagamento. Embora a alternativa seja amplamente divulgada, ainda é muito comum surgirem dúvidas sobre como utilizar o FGTS para o pagamento do consórcio de imóveis.

Como usar o FGTS para pagar consórcio de imóveis

O FGTS pode ser utilizado de 4 maneiras diferentes dentro de um consórcioVeja como o FGTS pode ser utilizado para pagar o consórcio de imóveis antes de escolher a melhor opção pra você:

  1. Oferta de lance

Essa é a opção mais comum para quem deseja usufruir do FGTS para aquisição de um imóvel. O consorciado pode utilizar todo o saldo do benefício para ofertar um lance. Para isso, a única exigência é que o extrato do Fundo de Garantia seja apresentado à administradora

  1. Complementação da carta de crédito

Essa é a maneira mais simples de utilizar o FGTS. O consorciado pode sacar uma parte do Fundo de Garantia para complementar sua carta de crédito. 

  1. Pagamento de parte das prestações

Nesse caso, o FGTS pode abater até 80% do valor da parcela depois que for contemplado.  Outra possibilidade é que o consorciado que possuir parcelas em atraso pode utilizar o saldo para pagar parte das prestações. Mas lembre-se, isso só é possível se forem, no máximo, 3 prestações atrasadas. 

  1. Liquidação de saldo devedor

Também é possível utilizar recursos do FGTS para pagar parte do saldo devedor, chamado de amortização extraordinária, ou ainda, liquidar toda a dívida. Para isso, é necessário que já tenha sido contemplado e adquirido o imóvel. 

Regras ao utilizar o FGTS no consórcio de imóveis

Antes de utilizar o FGTS para pagar o consórcio de imóveis, é necessários saber e seguir algumas regras, de acordo com o SFH (Sistema Financeiro de Habitação). Dessa forma, fica ainda mais simples e seguro realizar o consórcio habitacional. Veja quais são elas:

  • É necessário ter contribuído com pelo menos 3 anos de trabalho sob o regime do FGTS;

  • O consorciado não pode ser proprietário de imóvel residencial financiado pelo SFH dentro de todo território nacional; 

  • O consorciado não deve possuir imóveis residenciais no seu município de residência ou onde exerça sua ocupação principal;

  • O valor máximo de avaliação do imóvel não pode exceder o limite estabelecido pelo SFH. Os valores mudam de acordo com o Estado do consórcio. 

---

Gostou do conteúdo? Se você quiser saber qual o melhor consórcio para você, é só clicar neste link para fazer uma simulação com a Conseg. 

Por Conseg
Oferecemos os melhores consórcios automóveis do mercado, trabalhando há mais de 25 anos no mercado.

Fique por dentro das nossas novidades