/ Dicas da Conseg

Existem juros no consórcio?

02 Dec 20
2 min

Você sabia que não existem juros sobre as parcelas de consórcio? Descubra o porquê e entenda quais os custos envolvidos neste tipo de investimento.

O consórcio é uma forma interessante de investimento. Ele pode ser a forma, por exemplo, de você conquistar bens como imóveis e veículos. E uma das grandes vantagens é que não há juros de consórcio.

Diferente dos financiamentos, em que os juros chegam a triplicar o valor total, o consórcio se apresenta como uma alternativa para fugir da burocracia e das taxas elevadas.

Se você ainda tem dúvidas sobre a existência de juros de consórcio e como isso é possível, este blog post vai solucioná-las. Confira!

É verdade que existem juros de consórcio?

Não, e o porquê disso é simples! O consórcio funciona a partir do autofinanciamento, no qual um grupo de pessoas se reúne e contribui todos os meses para adquirir o seu bem desejado.

Desta maneira, uma vez por mês, um dos participantes recebe a carta de crédito (através de sorteio ou lance) para comprar seu imóvel ou veículo. Todos contribuem até que o último do grupo receba o valor. Esse processo é conduzido pela administradora de consórcio, que deve ser autorizada pelo Banco Central.

Quando falamos do financiamento tradicional, a pessoa busca sozinha uma instituição para obter o valor necessário. Para dar o dinheiro adiantado, o banco ou a financeira cobra juros pelo empréstimo. E quanto maior o tempo para quitar a dívida, maior a sua incidência.

Apesar de ser cem por cento livre de juros, é importante ter conhecimento sobre a taxa de administração que existe no consórcio. Explicamos mais sobre este assunto, a seguir.

Como funciona a taxa de administração?

Antes de qualquer coisa, precisamos reforçar que a taxa de administração é totalmente diferente dos juros. Na verdade, ela se refere ao valor mensal fixo que a administradora cobra pela prestação de serviços para organizar todo o processo junto aos consorciados.

Cada empresa pode determinar seu percentual para a cobrança da taxa de administração. Por isso, você vai encontrar no mercado uma variação entre as taxas das administradoras, podendo chegar a 25% do total do plano.

A vantagem é que o valor é diluído nas parcelas. No entanto, ele deve estar estipulado desde quando você assina o contrato. É bom ficar atento!

Mas, e se eu atrasar a parcela do consórcio?

Estamos sujeitos todos os dias a imprevistos, como a perda de emprego ou algo similar. E quando isso acontece, uma conta ou outra pode acabar atrasando.

No caso de um atraso pequeno, com menos de um mês, no pagamento da sua parcela do consórcio, o procedimento padrão é a incidência de juros e multas, somando 1% de juros moratórios ao mês e 2% de multa sobre o valor da mensalidade atrasada. Assim, você não poderá também participar da assembleia, caso não tenha sido contemplado.

Quando há atrasos superiores a 3 prestações, as taxas são maiores, podendo chegar ao cancelamento da cota.

-

Agora que você sabe que não há juros de consórcio, tire dúvidas sobre esta modalidade em nossa página de perguntas frequentes.

Por Conseg
Oferecemos as melhores opções de consórcio de automóveis e imóveis do mercado, com mais de 27 anos de história.

Fique por dentro das nossas novidades