/ Dicas da Conseg

Como trocar de carro: 6 primeiros passos

06 Dec 19
3 min

Como trocar de carro sem transtornos? Para começar, bom planejamento é essencial para evitar dores de cabeça. Confira nossas dicas!

Trocar de carro é uma decisão muito importante e por isso, exige além de cuidado, muita pesquisa e planejamento. Com a oscilação da economia, e juros altos no mercado, a possibilidade de uma nova aquisição pode se tornar uma grande dor de cabeça. Sabendo disso, como trocar de carro sem afetar a saúde financeira da família?

A resposta pode ser resumida em uma palavra: planejamento. É claro que existem diversas questões na hora de comprar um carro novo, mas em geral, com um bom planejamento, é possível realizar a aquisição e evitar dívidas desnecessárias. 
Para saber como se planejar da melhor maneira para aquisição do seu próximo veículo, continue a leitura deste artigo.

Como trocar de carro sem dor de cabeça?

Em algum momento, todos os motoristas sentem a necessidade de substituir o veículo. Alta quilometragem do veículo, upgrade de categoria, ou até mesmo a mudança no estilo de vida implica nisso. Os motivos são muitos e muito particulares para cada um. Nessa hora, o valor investido para um carro novo é a grande questão. Mas saiba que é possível mudar de carro sem ter problemas financeiros. 

Confira agora 6 passos importantes para não prejudicar a sua saúde financeira na hora de trocar de carro:

1. Defina o tipo de carro que você quer

A escolha do carro é essencial para limitar os gastos. Defina o modelo de acordo com as suas necessidades. 

Optar por modelos seminovos também pode ser uma boa ideia. O preço é um grande atrativo nesses casos e, com um bom planejamento, o seminovo acaba se ajustando melhor ao orçamento.

2. Faça o planejamento com antecedência

Trocar de carro não é uma decisão tomada de uma hora para outra. Para comprar um novo carro com tranquilidade, é ideal realizar um bom planejamento. Ele pode ser feito até 6 meses antes da compra. Quanto antes começar a planejar, melhor!

Esse tempo é importante para analisar as mudanças de mercado, buscar boas alternativas de negócio e definir as melhores propostas de venda.

3. Pesquise os preços antes de ir às lojas

É muito importante chegar na loja sabendo exatamente quanto vale o seu veículo usado, o valor do modelo desejado e o quanto está disposto a negociar. Consulte valores em locais variados e na tabela Fipe.

Esteja disposto a pedir desconto e pagar parte em dinheiro. As lojas se sentem mais confiantes nessas situações. 

4. Cuidado com os juros

Na hora de substituir seu carro é importante ficar atento aos juros de uma nova compra. Na opção de um financiamento, por exemplo, existem juros que podem levar os preços para muito além do pretendido no início.

Portanto, informe-se sobre as taxas e os juros inclusos antes de fechar a compra é essencial. Dessa forma é possível evitar grandes surpresas em parcelas futuras.

5. Pense no seu orçamento

Se você for parcelar o seu carro, é preciso considerar como a compra irá afetar o seu orçamento a longo prazo. Veja sua renda e seus gastos mensais, e escolha um valor da parcela que não irá te prejudicar caso ocorra um imprevisto.

O recomendado por economistas é que a parcela não passe de 30% do valor da sua renda.

6. Considere um consórcio 

Uma ótima opção para trocar de carro é optar pelo consórcio, uma forma planejada de compra, que garante o valor do crédito do início ao fim. 

Esse modelo é ideal para quem deseja mudar de carro, mas não possui o valor integral do investimento. Além de não possuir juros, o consórcio te dá maior poder de negociação, já que você realiza a compra à vista quando contemplado.

Agora que você já sabe como trocar de carro, que ver outras dicas sobre planejamento financeiro e aprender um pouco mais sobre consórcio? Confira isso e muito mais no blog da Conseg!


Por Conseg
Oferecemos os melhores consórcios automóveis do mercado, trabalhando há mais de 25 anos no mercado.

Fique por dentro das nossas novidades