/ Dicas da Conseg

Carro usado ou seminovo: entenda a diferença

02 Dec 20
3 min

Carro usado ou seminovo? Os termos até podem ser similares, mas existe diferença entre os critérios que os classificam. Acesse e confira quais são eles!

Você está pensando em comprar um veículo que não seja zero, mas não sabe a diferença entre carro seminovo ou usado? Não se preocupe! Esses dois termos geralmente causam confusão.

O que podemos adiantar é que, sim, existe uma distinção entre um e outro. Os motivos para isso vamos explicar neste blog post. Acompanhe.

Como identificar um carro seminovo ou usado

Como você já sabe que existe uma diferença entre carro seminovo ou usado, vamos começar a descrever os critérios para cada um, começando pelo seminovo. Confira!

Critérios para um carro ser considerado seminovo

Uma das condições para dizer que um carro é seminovo está na quilometragem rodada. No entanto, os critérios vão muito além disso.

Segundo a Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), é preciso levar em consideração estas três regras:

  1. Ano de fabricação: para ser um seminovo ele deve ter no máximo 3 anos de uso e conter apenas um único dono;
  2. Quilometragem: o limite é de 60 mil km totais, sendo 20 mil km por ano de uso;
  3. Conservação: deve possuir histórico de revisões, estar no período de garantia (desejável) e não ter se envolvido em acidente.

A vantagem do carro seminovo é que seu valor de compra é menor do que o de um zero, porém maior do que um usado. É um excelente investimento a longo prazo.

Características de um carro usado

Geralmente quando falamos de carro usado o que vem à cabeça é aquele modelo antigo, com arranhões e batidas. Claro, estas também são condições para dizer que um veículo é usado, mas não para por aí.

Por exemplo, um carro com um ano de uso, mas que já tenha 50 mil km e trocado a embreagem pode se enquadrar como usado.

Modelos com mais de 3 anos, com mais de um dono, alta quilometragem e idas frequentes à oficina são alguns indícios de alta usabilidade.

A vantagem principal dos usados é que eles tendem a ser mais baratos que os seminovos. E são indicados para quem precisa de um veículo com urgência e que tem um valor pequeno para o investimento inicial.

Seja tanto um carro seminovo ou usado, uma questão importante é verificar sempre o histórico do veículo e se informar quanto às vistorias e revisões a que ele foi submetido.

Consórcio de carros usados ou seminovos

Quando a pesquisa e o planejamento desta compra são bem feitos, é possível encontrar carros em ótimos estados, com baixa quilometragem. Logo, testar e vistoriar com a ajuda de um mecânico de confiança é importantíssimo neste caso.

E quando escolhido o modelo que mais encaixa com seu perfil, uma opção é fazer a compra através do consórcio de carros seminovos ou pelo consórcio de carros usados.

Essas modalidades não são muito diferentes dos que a de carros novos. Para fazer parte, basta que o interessado faça parte de um grupo de consórcio e pague as prestações mensais. Ao receber a carta de crédito, ele estará apto para comprar o veículo desejado.

O importante para quem optar por uma destas modalidades é verificar sempre quais as políticas da administradora do consórcio antes de fechar o negócio. Assim você garante uma participação tranquila e a compra certa de seu carro seminovo ou usado.

Que tal começar a planejar a conquista de seu próximo carro com a Conseg? Clique aqui e confira!

Por Conseg
Oferecemos as melhores opções de consórcio de automóveis e imóveis do mercado, com mais de 27 anos de história.

Fique por dentro das nossas novidades